quinta, 23 de maio, 2024

Bitcoin

A+ A-

Stamps são a nova tendência na blockchain do Bitcoin (BTC)

Categoria de token também conhecida como solo ganha o holofote e tem mais registros que NFTs desde seu lançamento a 20 dias

quinta, 06 de abril, 2023 - 13:54

Redação MyCryptoChannel

Stamps, também conhecidos como selos, são a nova moda surgindo na blockchain do Bitcoin. Assim como os NFTs, tokens não fungíveis, os solos são armazenadas diretamente na rede do Bitcoin, porém possuem algumas diferenças entre eles.


Recém implementado, o registro de selos na blockchain do Bitcoin cresceu mais do que o de NFTs. Indicando que a tendência pode se manter forte no curto prazo. Desenvolvedores criaram os selos sob os pseudônimos mikeinspace e moonblink. Esses ativos são uma forma de armazenar dados, principalmente imagens, de forma permanente na rede do Bitcoin.


Para fazer isso, usa-se dados de imagem formatados em base64. Em seguida, incorpora-se os dados nas saídas da transação, dividindo as informações em pequenas partes. Essas seções, por sua vez, ficam na blockchain do Bitcoin, permitindo que elas sejam imutáveis e permanentes.


A diferença principal entre os selos na blockchain do Bitcoin e o NFT Ordinal é que os primeiros usam a seção de saída da transação para armazenar informações, enquanto as NFTs usam a seção de assinatura da transação.
 

Blockchains

Pantera Capital investe na TON, blockchain do Telegram, apostando na adoção em massa da criptoativos

Empresa afirma que milhões de usuário da rede de mensagens podem auxiliar no crescimento do setor

quinta, 02 de maio, 2024 - 14:23

Redação MyCryptoChannel

Continue Lendo...

A Pantera Capital, empresa de capital de risco com foco em criptomoedas e mais de US$ 5 bilhões em ativos sob gestão, anunciou um investimento na The Open Network (TON), blockchain desenvolvida inicialmente pelo Telegram e atualmente mantida por sua comunidade de código aberto. 

“Acreditamos que a TON tem a capacidade de apresentar a criptografia às massas porque ela é amplamente usada na rede Telegram”, afirmou a Pantera Capital nesta quinta-feira (2). 

A empresa afirmou que o alcance do Telegram de mais de 900 milhões de usuários ativos mensais e mais de 1 trilhão de visualizações em canais todos os meses, a rede pode auxiliar na adoção da tecnologia dos ativos digitais.  

“Acreditamos que a rede TON ainda está em seus estágios iniciais e estamos entusiasmados em testemunhar a adoção de seu ecossistema e de novos recursos pela base de usuários do Telegram”, completou a Pantera. 

Além disso, “a escalabilidade da rede TON permite uma taxa fixa de aproximadamente US$ 0,10 para transações entre dois usuários – o que é 66% mais barato do que outras plataformas de pagamento criptografado”.  

Recentemente, a TON apresentou um crescimento significativo e se tornou a décima maior criptomoeda, com valor de mercado de US$ 16,8 bilhões. 

 

Blockchains

Infratoken lança solução de compliance "by design" para contratos inteligentes

Ferramenta permite que as instituições financeiras implementem medidas de compliance diretamente no código dos tokens

sexta, 19 de abril, 2024 - 16:21

Redação MyCryptoChannel

Continue Lendo...

A Infratoken, empresa especializada em ferramentas de gestão de ativos tokenizados, anuncia nesta sexta-feira (19) lançamento de uma solução inovadora que permite que instituições financeiras implementem medidas de compliance diretamente na criação de contratos inteligentes.  

A ferramenta, chamada de "compliance by design", garante que os contratos inteligentes sejam construídos de acordo com as regulamentações específicas do setor financeiro, desde o início do processo. 

Pensando no desenvolvimento do Drex, “a Infratoken lança uma funcionalidade que permite que instituições financeiras implementem medidas de compliance diretamente no código dos tokens”, disse a empresa em comunicado.  

A solução será a ssociada a um painel de gestão de white label com tokenização multi-rede. Essa ferramenta permite que Instituições Financeiras definam regras “como o país que o ativo tokenizado pode ser ofertado, regras de KYC que podem ser integradas com serviços de terceiros, limite de valor de transação máxima por dia, dentre outras regras fundamentais para uma operação envolvendo tokenização”. 

A solução se diferencia pela compliance regulatório tntegrado garantindo que as transferências de tokens só ocorram quando as regras de compliance específicas do setor financeiro forem cumpridas, além, da automatização do cumprimento de regras.  

" A tecnologia blockchain subjacente aos criptoativos tem potencial para remodelar atividades no setor financeiro tradicional, criando novos ativos e meios de intermediação", explica Caroline Nunes, CPO da Infratoken.  

Ela complementa que "a solução 'compliance by design' da Infratoken oferece às instituições financeiras a segurança e a conformidade necessárias para navegar nesse novo cenário e aproveitar as vantagens da tokenização de forma responsável."