quinta, 22 de fevereiro, 2024

Corretoras

A+ A-

Binance promove segundo MeetUp em São Paulo, com apresentação do Binance Card no Brasil

Evento reuniu 240 pessoas e aproxima comunidade cripto à equipe da corretora

quarta, 05 de abril, 2023 - 13:13

Redação MyCryptoChannel

A Binance, maior provedora global de infraestrutura para ecossistema blockchain e criptomoedas, realizou o seu segundo MeetUp em São Paulo, reunindo 240 pessoas no Gexperience no fim de março. O encontro é uma iniciativa da exchange para aproximar a comunidade cripto da equipe dedicada ao Brasil e conversar sobre blockchain, Web3, metaverso, NFTs, dinheiro, futuro e inovação.

A edição foi ainda mais marcante que a anterior, já que contou com dois anúncios para o usuário brasileiro: o Binance Card e o Season Pass 2023 do Brasileirão Assaí, a primeira NFT do principal campeonato de futebol do país. Entre os palestrantes da noite estiveram o diretor-geral da Binance Brasil, Guilherme Nazar, o general manager da IRL Sports, Bruno Matos, e o gerente de eventos da Binance no Brasil, Raul Villalobos.

Binance Card: pagamentos utilizando criptomoedas

O diretor-geral da Binance Brasil, Guilherme Nazar, iniciou o evento apresentando uma das novidades mais esperadas pelo público cripto brasileiro, o Binance Card, lançado em janeiro de 2023 no país. Em dois meses, o Brasil já é um dos cinco maiores mercados para a modalidade no mundo, demonstrando a grande recepção à novidade. 

Durante sua palestra, Nazar explicou o uso e os benefícios do cartão de criptomoedas da exchange, além de apresentar uma breve linha do tempo da história do dinheiro, desde a época do escambo até os dias atuais, com as criptomoedas.

O diretor também comentou sobre sua origem, explicando que surgiram para resolver problemas nas áreas de segurança, pagamento duplicado e jurisdição, mas que ainda enfrentavam o desafio da tangibilidade e da falta de praticidade em meios de pagamentos.

"O Binance Card chegou para mostrar que os criptoativos são para todos, e para serem usados a qualquer momento, independente de quem seja o usuário. Este é mais um passo rumo à nossa missão de conectar as pessoas com o mundo cripto, gerar inclusão e liberdade financeira", disse Nazar.

Corretoras

BitGo recebe licença de custódia de criptomoedas da BaFin na Alemanha

Empresa regulamentada nos EUA reforça posição no mercado europeu de ativos digitais

domingo, 05 de novembro, 2023 - 12:00

Redação MyCryptoChannel

Continue Lendo...

A BitGo, uma empresa de custódia de criptomoedas regulamentada nos Estados Unidos, conquistou recentemente uma licença de custódia de criptos da Autoridade Federal de Supervisão Financeira Alemã (BaFin), consolidando sua presença no mercado europeu de ativos digitais. 

 

A BitGo, que já havia recebido aprovação do Departamento de Serviços Financeiros de Nova York (NYDFS) para seu estatuto fiduciário de Nova York em 2021, está no negócio de armazenamento de criptoativos desde 2019. Nesse período, a empresa também operava sob a supervisão da BaFin, como parte de um regime de transição, conforme declarado em um comunicado de imprensa oficial.

 

A Alemanha se destaca como um dos líderes europeus no setor de custódia de criptomoedas, estabelecendo regulamentações que incentivam bancos e especialistas em custódia a lidar com ativos digitais e a oferecer serviços relacionados. A concessão da licença pela BaFin à BitGo é um passo significativo que reforça a posição da empresa como um importante ator no mercado global de ativos digitais.

 

Essa licença permitirá que a BitGo atue como uma parte vital da infraestrutura de custódia de criptomoedas na Alemanha, atendendo às necessidades crescentes dos investidores e instituições que buscam uma solução segura e regulamentada para o armazenamento de ativos digitais.

Corretoras

Digital Currency Group revela receitas de US$ 188 milhões no 3T23 e atualiza caso Genesis

Atualização Financeira da DCG informa insights sobre Grayscale e desafios pessoais de Barry Silbert

sábado, 28 de outubro, 2023 - 12:00

Redação MyCryptoChannel

Continue Lendo...

A Digital Currency Group (DCG) abriu suas portas financeiras do terceiro trimestre nesta terça-feira (24), proporcionando aos acionistas um olhar sobre o desempenho financeiro de seus diversos empreendimentos. Além disso, a empresa lançou uma atualização essencial sobre o processo de fraude que envolve sua antiga subsidiária, Genesis.

 

Fundada por Barry Silbert, a DCG divulgou receitas consolidadas impressionantes, totalizando US$ 188 milhões, um número atribuído principalmente à atuação da Grayscale, sua unidade de gestão de ativos.

 

Esse anúncio é notável por ser o primeiro desde a notícia da Genesis encerrando suas operações e as acusações de fraude trifeitas pelo Procurador-Geral de Nova York (NYAG) em relação a esta extinta subsidiária. O 3T23 também testemunhou um EBITDA saudável de US$ 69 milhões.

 

No início da atualização, a DCG incluiu uma mensagem pessoal de Barry Silbert, que compartilhou uma notícia muito pessoal. Recentemente, Silbert e sua esposa receberam o diagnóstico de câncer ósseo pediátrico raro em sua filha de nove anos.