quinta, 23 de maio, 2024

Tokenização

A+ A-

Deutsche Bank se une ao Projeto Guardian para explorar tokenização de ativos

Parceria visa testar a viabilidade da tokenização e definir padrões para a indústria

terça, 14 de maio, 2024 - 17:29

Redação MyCryptoChannel

O Deutsche Bank, do setor financeiro alemão, juntou-se ao Projeto Guardian da Autoridade Monetária de Cingapura (MAS) para colaborar na implementação da tokenização de ativos. A parceria visa testar a viabilidade da tokenização de ativos e auxiliar na definição de padrões para a indústria. 

Em um anúncio desta terça-feira (14), o banco informou que integrará o fluxo de trabalho de gestão de ativos e patrimônio do Projeto Guardian, explorando uma plataforma blockchain interoperável que oferece serviços para fundos tokenizados e digitais.  

Boon-Hiong Chan, chefe de defesa de valores mobiliários e tecnologia do Deutsche Bank na Ásia-Pacífico, liderará a participação da empresa no Projeto Guardian. Chan trabalhará em conjunto com a Memento Blockchain, empresa Web3, e a Interop Labs, desenvolvedora do protocolo de interoperabilidade Web3 Axelar Network. 

" Contribuir para o Project Guardian reforçará nossos esforços para ajudar a moldar a nova fronteira do serviço de ativos e nos posicionará fortemente para contribuir para o progresso da indústria e não apenas antecipar as necessidades de nossos clientes, mas também superar suas expectativas", afirma Anand Rengarajan, diretor de serviços de valores mobiliários para a Ásia-Pacífico e Oriente Médio do Deutsche Bank e chefe global de vendas, em comunicado. 

 

Tokenização

Tokenização de ações ganha impulso na Suíça com aprovação da Taurus

Regulador financeiro concede autorização à empresa para oferecer ações baseadas em blockchain a investidores de varejo

terça, 23 de janeiro, 2024 - 15:20

Redação MyCryptoChannel

Continue Lendo...

A empresa suíça de custódia e negociação de criptomoedas Taurus recebeu aprovação do regulador financeiro suíço FINMA para oferecer ações tokenizadas a investidores de varejo. A aprovação traz títulos tokenizados para as massas.  

 

 

O TDX é um mercado de ações tokenizadas que permite que investidores comprem e vendam ações de empresas não listadas usando criptomoedas, além de francos suíços, euros e dólares americanos. O mercado já atraiu várias empresas suíças, incluindo Investis, la Mobilière, Qoqa, Structured Commodity & Corporate Finance (SCCF), Swissroc e Teylor. 

 

 

O cofundador da Taurus, Lamine Brahimi, disse em uma entrevista que “em nosso mercado TDX faltava uma coisa porque só era autorizado para investidores profissionais ou qualificados”. “Agora a FINMA nos concedeu luz verde para abri-la também aos investidores de varejo. Achamos que deveria ser tão fácil comprar ações de uma empresa quanto comprar um livro na Amazon.” 

 

 

“A partir de hoje, o TDX é direcionado a residentes suíços, mas pode estar aberto a investidores adicionais, desde que atendam aos requisitos de conformidade, dependendo do segmento comercial e do emissor”, completou Brahimi. 

Tokenização

BIS lança projetos de tokenização e privacidade de CBDCs

Centro de Inovação do Banco de Compensações Internacionais anunciou seis novos projetos

terça, 23 de janeiro, 2024 - 14:03

Redação MyCryptoChannel

Continue Lendo...

O Centro de Inovação do Banco de Compensações Internacionais (BIS) anunciou nesta terça-feira (23) seis novos projetos como parte de seu programa de trabalho 2024. Entre eles, estão um projeto de tokenização baseado em blockchain e o desenvolvimento de um sistema de privacidade para moedas digitais do banco central (CBDC). 

 

 

O projeto de tokenização, chamado Promessa, é uma colaboração entre o BIS, o Banco Nacional Suíço e o Banco Mundial. O objetivo é desenvolver uma prova de conceito para uma plataforma projetada para facilitar notas promissórias tokenizadas digitais. 

 

 

“O projeto utilizará tecnologia de contabilidade distribuída para simplificar sua gestão e transparência”, destacou o anúncio do BIS. O chefe do Centro de Inovação do BIS, Cecilia Skingsley, disse que “a tokenização é uma área importante onde já lançamos um projeto e estamos planejando mais iniciativas”.  

 

 

O BIS Innovation Hub anunciou que seu Centro de Hong Kong continuará com o Projeto Aurum, um estudo sobre a privacidade dos pagamentos em CBDCs de varejo.  

 

 

O Centro de Inovação do BIS falou que “o objetivo é aproveitar a experiência da academia e dos reguladores de privacidade para promover a compreensão dos bancos centrais sobre a privacidade no design de sistemas CBDC”.  

 

 

O Projeto Aurum é uma parceria entre o BIS e a Autoridade Monetária de Hong Kong (HKMA) para desenvolver um sistema CBDC full-stack, que inclui um sistema interbancário de atacado e um sistema de carteira eletrônica de varejo.