sexta, 12 de julho, 2024

Exchanges

A+ A-

Binance é multada na Índia por violação de regras contra lavagem de dinheiro

Exchange afirma estar revisando a ordem da FIU e que deseja trabalhar com as autoridades indianas

sexta, 21 de junho, 2024 - 11:13

Redação MyCryptoChannel

A Binance, exchange de criptomoedas, foi multada em R$ 12,1 milhões pelo órgão regulador financeiro da Índia, a Financial Intelligence Unit (FIU). A multa é resultado da falha da Binance em cumprir as regras de combate à lavagem de dinheiro (AML) ao oferecer serviços a clientes indianos sem o devido registro 

Em dezembro de 2023, a FIU emitiu um aviso à Binance exigindo que a empresa se justificasse para evitar medidas legais. Após analisar as explicações da Binance, tanto por escrito quanto oralmente, a FIU concluiu que as acusações eram válidas e aplicou a multa. 

"Após considerar as submissões escritas e orais da Binance, o Diretor da FIU-IND, com base no material disponível no registro, concluiu que as acusações contra a Binance foram substanciadas", disse o órgão em comunicado. 

"Estamos cientes da ordem da FIU e estamos revisando-a para determinar os próximos passos. Somos gratos pela oportunidade de continuar nossa missão de servir a vibrante comunidade cripto indiana” disse a Binance em comunicado ao Coindesk.  

A exchange ainda afirmou que deseja trabalhar com a FIU para reentrar no mercado indiano “para contribuir positivamente, caso possamos fazê-lo em um futuro próximo”. “Permanecemos dedicados a manter a transparência, fomentar a cooperação e garantir a conformidade com as autoridades regulatórias." 

Exchanges

Coinbase expande oferta de derivativos com futuros de altcoins

Exchange busca adicionar AVAX, LINK, DOT, XLM e SHIB à sua plataforma de negociação de futuros

sexta, 28 de junho, 2024 - 16:23

Redação MyCryptoChannel

Continue Lendo...

A Coinbase, uma das principais exchanges de criptomoedas do mundo, está expandindo sua oferta de produtos de derivativos com a adição de futuros de cinco altcoins: Avalanche (AVAX), Chainlink (LINK), Polkadot (DOT), Stellar Lumens (XLM) e Shiba Inu (SHIB).  

A empresa americana apresentou cinco novos registros de produtos futuros vinculados a esses tokens à Comissão de Negociação de Futuros de Commodities (CFTC) dos Estados Unidos, conforme anunciado em seu site oficial. 

A previsão para o início das negociações dos novos produtos é para 15 de julho ou posterior. A Coinbase espera que a expansão da sua oferta de futuros traga diversos benefícios aos seus clientes.  

“Com a adição de AVA, LNK, DOT, XLM e SHB, nossos participantes e seus clientes ganham mais pontos de acesso para gerenciar riscos, especular sobre movimentos de preços e participar da criptoeconomia com requisitos de capital inicial reduzidos”, escreveu a Coinbase nesta sexta-feira (28).  

A exchange ainda disse que "essa expansão não apenas diversifica nosso conjunto de produtos, mas também pode melhorar a experiência comercial geral de nossos usuários." 

 

Exchanges

Bitso Business triplica volume de transações no primeiro trimestre e anuncia novo gerente geral

Imran Ahmad assume oficialmente a liderança da unidade B2B, que registrou crescimento de 187%

quinta, 27 de junho, 2024 - 16:56

Redação MyCryptoChannel

Continue Lendo...

A Bitso Business, divisão B2B da Bitso que fornece infraestrutura para pagamentos transfronteiriços, anunciou um crescimento no primeiro trimestre de 2024, triplicando seu volume de transações. A unidade registrou um aumento de 187%, tornando-se responsável por mais de 10% do volume total de remessas na rota EUA-México. 

Desde janeiro de 2024, Imran Ahmad tem liderado a Bitso Business interinamente e, agora, assume oficialmente como Gerente Geral. Com a missão de continuar impulsionando a expansão da organização, Ahmad supervisionou o crescimento significativo da unidade, que atende empresas em mercados chave como Estados Unidos, México, Brasil, Colômbia e Argentina. 

A Bitso Busine permite a empresas globais e seus clientes realizarem e receber pagamentos em moeda local e enviar dinheiro internacionalmente. Utilizando a tecnologia blockchain, a empresa facilita transações instantâneas e econômicas para diversas indústrias, incluindo e-commerce, OTC/trading e gaming.  

Entre seus clientes estão empresas como PayBrokers, Félix Pago e Briq.mx.  A tecnologia também suporta negócios que agregam múltiplos métodos de pagamento e demandam integração para diversos países simultaneamente. 

"Unimos os 10 anos de experiência da Bitso transformando as finanças na América Latina com o melhor conjunto de serviços para empresas ao redor do mundo. Nosso objetivo é que Bitso Business seja a primeira escolha de todas as companhias que realizam pagamentos internacionais na América Latina", afirmou Imran Ahmad.  

“Graças às nossas APIs simples, nossa cobertura regulatória, liquidez e parcerias bancárias, proporcionamos uma forma mais econômica, transparente e rápida para que empresas globais movimentem dinheiro e expandam suas operações para novos mercados”, completou.  

Para Daniel Vogel, CEO e cofundador da Bitso, "Imran Ahmad se juntou à Bitso Business em um momento crucial. As empresas estão em busca de soluções confiáveis, seguras e econômicas para liquidações transfronteiriças em diversas moedas: de fiat para stablecoins, de fiat para fiat, ou de stablecoins para fiat”.