domingo, 16 de junho, 2024

Metaverso

A+ A-

Executivos esperam que metaverso amplie receitas das empresas, diz KPMG

Conteúdo também destacou qual a porcentagem dos investimentos das empresas no prazo de até um ano

quarta, 12 de abril, 2023 - 13:47

Redação MyCryptoChannel

Mais da metade dos executivos de Tecnologia, Mídia e Telecomunicações acreditam que o sucesso do metaverso está atrelado, nas empresas em que atuam, com o aumento das receitas (61%) e maiores margens de lucros (55%). Além disso, eles entendem que o metaverso faz a empresa ser vista como uma marca líder na vanguarda dessa tecnologia (47%), obter maior satisfação dos clientes (45%), e viabilizar o apoio dos empregados aos consumidores (35%).

Essas são algumas das conclusões do relatório “Want to win in the metaverse? Think internal first”, conduzida pela KPMG com 767 executivos líderes do setor, de 13 países, atuantes em organizações com mais de US$ 250 milhões em receitas anuais.

O conteúdo destacou ainda, qual é a porcentagem dos investimentos em metaverso das empresas no prazo de até um ano, obtendo os seguintes indicadores: marketing, vendas ou uso de marca (38%); ações direcionadas para clientes, ou seja, vendas, incluindo produtos, serviços, e soluções de apoio (28%); utilização operacional interna e back-office (20%); mão-de-obra interna e gestão de talentos (15%).

A pesquisa perguntou apurou quais tecnologias essas empresas estão usando para apoiar o metaverso: realidade aumentada (57%); realidade virtual (48%); plataformas descentralizadas (40%); ferramentas de ambiente virtual (40%); blockchain (34%); criptomoedas (23%); e NFTs (21%).

Web3

100 anos da Disney: conheça os projetos Web3 desse mundo mágico

Conglomerado encantam pessoas com planos para metaverso e coleções de NFTs

quinta, 28 de dezembro, 2023 - 16:00

Ana Beatriz Rodrigues

Continue Lendo...

Em 2023, a Walt Disney Company completou 100 anos de história. Uma das empresas mais bem-sucedidas do mundo, a Disney é conhecida por seus personagens icônicos, filmes premiados e parques temáticos mágicos que encantam pessoas de todas as idades. Mas, nos últimos anos, a empresa tem se voltado para um novo campo: a Web3.

A Web3 é uma nova fase da internet baseada em tecnologias como blockchain, criptomoedas e NFTs. A partir desses sistemas, os usuários conseguem mais controle sobre seus dados e ainda é possível a criação de experiências mais imersivas e interativas.

Disney no Metaverso

Em 2021, o então CEO da Walt Disney, Bob Chapek, informou que a empresa estava pronta para entrar para o metaverso. Para ele, o metaverso seria a “a próxima grande fronteira narrativa”. Nesse mesmo ano, o conglomerado patenteou uma tecnologia que permite que visitantes de seus parques temáticos interajam com experiências de realidade aumentada (RA) sem a necessidade de usar headsets chamada de "simulador de mundo virtual".

No ano seguinte, em fevereiro, a companhia estruturou uma equipe de operações dedicadas ao desenvolvimento do metaverso para desenvolver novar formas de interação com o público através da nova tecnologia. Porém, em 2023, a Disney encerrou as operações dessa equipe, demitindo os 50 membros da divisão. 

O The Wall Street Journal anunciou que isso fazia parte de um plano de reestruturação da empresa, que pretendia demitir sete mil funcionários e cortar as despesas em US$ 5,5 bilhões. 


NFTs de personagens da Disney

Por outro lado, desde 2021, Disney tem trabalhado com a VeVe para publicar suas coleções  de tokens não fungíveis (NFTs). Para comemorar o Disney+ Day, o conglomerado lançou um conjunto de artes digitais chamada de Golden Moments.

 

 

A coleção apresentava diversos personagens da Disney, como a Elsa de “Frozen”, o Homem de Ferro e o próprio Walt Disney de mãos dados com o Mickey. Todas as obras eram estatuetas em dourado. Em maio de 2022, a Star Wars Dark Side Collection foi lançada com os personagens da série Star Wars em NFTs.

 

Para finalizar 2023, a Disney e a Dapper Lab anunciaram a lista de espera para a nova plataforma Disney Pinnacle. A plataforma irá tokenizar os personagens do conglomerado dos seus 100 anos de história. 

Segundo o CEO da Dapper Labs, Roham Gharegozlou, a plataforma representa “um design de economia atualizado, equilibrado entre a acessibilidade para o fã comum e ativos de edição limitada e super edição limitada para alguns colecionadores mais exclusivos. E é o acesso a todo o universo Disney, sob um mesmo teto”. 

O lançamento da plataforma de NFT está previsto ainda para esse ano e estará disponível para Apple App Store para iOS, na Google Play Store para Android e na web. Será possível encontrar artes digitais dos estúdios da Disney, Pixar e StarWars, porém os super-heróis da Marvel ainda não estarão inclusos no lançamento.


 

Metaverso

Sandbox revela novo bairro virtual "Cinerama" com participação de grandes marcas de Hollywood

Plataforma de metaverso oferece mais de 400 terrenos digitais em parceria com Skydance e Lionsgate

quinta, 09 de novembro, 2023 - 15:11

Redação MyCryptoChannel

Continue Lendo...

No esforço de reacender o fascínio pelo metaverso, The Sandbox (SAND) anunciou o lançamento de seu mais recente empreendimento digital, o "Cinerama". Esse novo bairro virtual oferece aos usuários a oportunidade de adquirir e desenvolver propriedades digitais em um ambiente propício à colaboração e à transformação de conceitos cinematográficos em entretenimento imersivo e interativo.

 

Oportunidade de colaboração com marcas de Hollywood

O Cinerama não é apenas um bairro digital comum; é um espaço que contará com a presença de marcas icônicas de Hollywood, incluindo "The Walking Dead", "Black Mirror", "Peaky Blinders" e "Cheech and Chong". O comunicado oficial destaca a parceria com grandes produtoras, como a Skydance, responsável por sucessos como "Top Gun" e "Terminator", e a Lionsgate, consolidando a presença de renomados estúdios no metaverso.

 

Disputa por terrenos digitais e sucesso nas vendas

A competição está acirrada, com mais de 400 terrenos digitais em disputa no Cinerama. A The Sandbox revela que já vendeu 70% dos mais de 165 mil LAND NFTs disponíveis em sua plataforma. Esse anúncio surge em um momento estratégico, aproveitando o crescente entusiasmo pelo metaverso após a mudança de nome da empresa de Mark Zuckerberg para Meta.

 

Boom nas vendas durante corrida das criptomoedas

No auge da última corrida das criptomoedas, as vendas dos LAND NFTs da The Sandbox experimentaram um aumento significativo.

 

Com o renascimento do interesse no metaverso, impulsionado pela rebranding do Facebook para Meta, o volume diário de negociação para LAND NFTs atingiu um pico extraordinário de mais de 13 mil Ethereum (ETH), equivalente a aproximadamente US$26 milhões, conforme dados da OpenSea.

 

O valor mínimo dos tokens LAND também atingiu seu ápice, alcançando 4,5 ETH cada, aproximadamente US$ 8,6 mil, em janeiro de 2022.